31 de out de 2012

Mulher de fases

Eis que chega ela...
Com olheiras, banhas pulando para fora da calça, cabelos ressecados, pálida e além de tudo isso: cuspindo fogo.
Ela chega nervosa, com vontade de matar até sem motivo, com uma fome etiópica, segura o choro como se fosse sua dignidade, cabeça explode de raiva por nada, tudo a irrita, a deixa triste. Ela se sente sozinha, sem amigos, sem alguém que preste atenção nela. Ela PRECISA de chocolate, assim como de atenção... senão, fica impossível a convivência.
Todas as mulheres já sabem de quem eu estou falando e os homens mais inteligentes também...
TPM.
"Chega chegando" como uns e outros falam... desestabiliza toda uma rotina, uma vida.
Torna vulnerável o que geralmente é uma rocha, torna diamante bruto em um strass.
Traz á tona a bipolaridade master.
Tipo essa: comecei o texto super a fim de escrever... agora, cansei.


26 de out de 2012

Suicídio

É engraçado né? Não sei se vocês pensam em como eu chego nesses assuntos, mas sempre que leio algo ou assisto algum vlog, eu penso: como que aquela pessoa escolheu aquele determinado assunto?
Pois então, são sempre acontecimentos na minha vida que me tocam de alguma forma e aí transbordam em palavras.
ADORO POLÊMICA.
Mas que fique claro, aqui consta minha opinião, e a sua, poste nos comentários(respeitosamente). Caso contrário, guarde para você.

Suicídios

De onde surgiu a idéia de falar sobre? Estava eu no youtube (como sempre) e nos vídeos recomendados estava o de uma vlogueira (não sei o nome dela, mas o canal é #beijonabunda) link do vídeo: // http://www.youtube.com/watch?v=OoOc0QpKULY&feature=g-all-lik // e o assunto era sobre duas meninas que postaram vídeos no youtube, pouco antes de cometerem suicídios.
Por motivos diferentes, mas chegaram ao mesmo fim...
Uma foi perseguida por ter cometido um erro e começou a ser vaiada, humilhada por amigos e familiares... não tolerando a barra, desistiu de tudo. A outra, sofria de psicoses e a família não percebeu e nem procurou tratamentos... se achava feia, gorda e etc e enxergava e ouvia coisas terríveis. Depois de tentar suicídio várias vezes sem sucesso, conseguiu.
Todo mundo pensa de uma forma e as opiniões são divergentes sobre a questão do suicídio.
Religiosamente falando, a maioria (senão todos) acredita que se alguém se mata... vai direto ao inferno independente do motivo pois é um pecado imperdoável retirar a própria vida que temos, graças ao sacrifício de Jesus.

Pois então, não que eu discorde completamente... realmente, acho um absurdo alguém tentar contra a própria vida sendo que (se você acredita em Deus), sabe que Jesus sofreu tanto para que você vivesse.
Mas, por exemplo o caso dessa guria esquisofrênica... quem não viveu ou conviveu em circunstância semelhante não sabe o quanto angustiante é ouvir vozes que dizem que querem te matar e matar quem você ama, ver pessoas mortas ou pessoas que querem te fazer mal o tempo todo e não conseguir se livrar disso. Isso realmente, transtorna a vida de qualquer pessoa. Se não tratada, se não medicada, é insustentável e posso dizer... inevitável que se viva assim.
Eu entendo bem disso. Minha mãe é esquisofrênica e tentou suicídio diversas vezes em momentos de crise... GRAÇAS A DEUS, nunca teve êxito. Mas hoje, medicada... ela é uma mulher linda, dona de um sorriso e simpatia contagiantes, a mãe mais carinhosa que existe.
Ela enfrentou tudo e com o apoio de quem a amava, superou todo o mal que as alucinações a fizeram.
Então, não condeno e creio eu que Deus também não, pessoas que sofrem tanto e sem uma solução para seus problemas, tenha decidido pôr fim aquele sofrimento.
Também não condeno a outra moça, que de tanto ser maltratada por todos tomou essa decisão. Não digo que fez certo, sinceramente haviam formas melhores de lidar com tudo isso... todo mundo enfrenta barra, piores ou melhores umas que as outras, mas enfrenta. Porém, cada um é cada um e a cabeça das pessoas é uma incógnita. Cada um responde de uma forma á traumas... e ela respondeu de forma fatal.
Antes de julgar algum assunto, leia sobre e procure saber o máximo possível.
Leia sobre traumas... eles agem de formas completamente diferentes no psicológico de cada um.
É incrível como isso afeta as pessoas, por isso quero tanto estudar psicologia.

Triste final o de ambas as garotas... eu fico triste por não tê-las conhecido.
Eu queria poder ter conversado, talvez explicado o lado bom que toda história ruim tem. Talvez poderia ter sido uma boa amiga, a ponto de valer uma vida. Talvez poderia ter falado sobre Deus e o amor que Ele tem por todos. Talvez, talvez...
Talvez de nada adiantasse ou, quem sabe?
Confesso, já tive esses pensamentos. Em momentos quando não encontrava um amigo e precisava chorar, nos momentos que precisava demonstrar força e estava a ponto de desabar, em momentos onde não via uma solução nem perto de chegar.
Mas eu superei, eu peguei tão forte em orações, me entreguei de coração á Deus e deixei que Ele guiasse o rumo daquilo tudo... que tudo se resolveu.
Hoje, enfrento o leão que for.
E nunca, jamais pensei ou pensarei novamente em algo assim. Minha vida vale muito para Ele!

Se fosse para falar tudo que penso sobre o assunto, acho que escreveria um livro...
São tantas pessoas, tantas histórias... amigos, desconhecidos... que simplesmente se vão.
Alguns vídeos no youtube mesmo, mostram pessoas pulando de pontes, atirando na cabeça... o que será que aconteceu? Fico imaginando qual o motivo que levou a pessoa a tomar medida tão desesperada?
Se um dia, você já pensou em algo assim... PARE.
Sua vida vale muito, para Deus, para as pessoas que te amam, para você.
Se está ruim, faça melhorar.
Ore, corra atrás... inerte é que não pode ficar ;)