27 de abr de 2010

cenário de palavras


para escrever essas poucas palavras, joguei fora rascunhos de experiências e pensamentos.
e nas entrelinhas deste texto escondo algumas lágrimas de um choro reprimido.
entre as palavras se encontram algumas decepções e desilusões que ajudaram no surgimento delas.
o cenário é o palco da vida ou um livro de poesias.
entre as frases e pontuações estão os sorrisos e olhares que desvendaram mistérios dessa história com reticências e tão longe ou tão perto de um ponto final e definitivo.

somos meras palavras.
meras não, porque somos "as" palavras.
temos o dom de sermos ditas e jamais esquecidas.
o poder de mudar aqueles que lerem o livro de nossas vidas ou atuar num palco de poesias ou vice e versa ou versa e vice.
palavras sem rumo, sem destino, sem sentido cuja única função é expressar.
expressar a confusão de palavras e desvaneios, de frases e loucuras deste texto improvisado e imprevisível, o qual somos autores e atores:
a VIDA.

vestibulouca :S


É assim que me sinto: vestibulouca!

Ele tá chegando e rápido.
Vem com toda autoridade dizendo: sou importante e vou mudar sua vida.
E diz ele que não quer intimidar ninguém. IMAGINA se quisesse.
É o vestibular.

E ele me deixa louca.
Não são nem uma, nem duas, mas milhares de pessoas que conversam com você pedindo uma resposta para a pergunta que não quer calar.
E aí, já decidiu?
Já sabe que curso vai fazer?
Tá chegando hein, já escolheu?
Tem que ter certeza do que está fazendo!
É algo que vai decidir sua carreira, sua vida profissional!
Não queremos te pressionar, mas tem que pensar muito bem nisso!

Se isso não é pressão, eu não sei o significado dessa palavra.
São professores, familiares e até alguns amigos te entupindo de perguntas que você ainda não tem respostas.
E o medo? Aonde fica?
O medo de fazer a escolha errada, de decepcionar quem espera muito de você e de SE decepcionar.
Afinal, mais exigente do que eu comigo mesma: IMPOSSÍVEL.
Quero, pretendo e vou ser a melhor no que eu fizer.
O que você vai fazer?
Ainda não sei :S

O tempo tá voando,os ponteiros do relógio parecem apostar corrida um com o outro e nessa disputa quem perde é você.
Perde tempo e possibilidades se você não os ver passar.

Mas pode apostar suas fichas em mim.
Arrisca e confia.

Miro alto, lá na lua;
pois se eu errar, acerto uma estrela ;]

23 de abr de 2010

o pior sentimento


Qual sentimento pra você é pior?
ódio, ressentimento, mágoa, dor, tristeza, angústia?
todos estes são horríveis com toda certeza, mas para mim ainda existe um pior.

PENA.

existe algo mais repugnante que ouvir alguém dizer: que pena eu tenho de você! (?)
não preciso de pena nem de dó.
e também não sinto isso por NINGUÉM.
tudo o que eu passei na minha vida tenho muito orgulho e não foi nada para que sintam dó ou pena de mim.
pelo contrário.
deviam sentir orgulho de estar onde eu estou.
qualque outra coisa, menos dó.
tudo que temos é o que merecemos.
todos têm problemas e a forma como lidamos com eles é que faz a diferença.

uma vez me disseram que eu era muito fechada, não contava dos meus problemas e vivia sempre com um sorriso no rosto, que eu era uma incógnita.
me jogaram na cara que eu devia ter a vida muito boa pra poder estar assim sempre tão feliz.

NÃO.

eu não preciso ter uma vida muito boa, perfeita e cheia de mimos pra poder ser feliz.
sou feliz a cada manhã, a cada vez que levanto da cama e sei que aquele dia foi feito pra mim.
NINGUÉM sabe dos meus problemas, de tudo o que eu passo e o que eu sinto.
é terrível, MESMO.
se um dia me mandassem desenhar o que eu axo que representaria o que está dentro de mim, seria um parque de diversões e eu uma mera criança.
e sabe qual seria o brinquedo mais usado por mim?
o trem fantasma.
seria escuro, amedrontador, confuso e aterrorizante.

mas sempre levo comigo um sorriso.
ALGUÉM POR ACASO JÁ FOI NUM TREM FANTASMA QUE METEU MEDO DE VERDADE?
porque eu ñao! kkkk'

a minha vida já não é fácil e se eu me tornar uma pessoa triste, frustrada e amargurada é o mesmo que querer torná-la ainda mais complexa.
pra que complicar se podemos simplificar?
e não dizem que é nas coisas simples que estão as mais importantes da nossa vida?

só peço uma coisa: não tenha dó de mim.
se estou onde estou é porque devia ser assim.
no meu parque de diversões tem roda gigante também!
as vezes você está por cima e outras por baixo.
comigo é assim.

Nem sempre parques são divertidos.
Alguns brinquedos são sem graça, assim como algumas experiências que passamos não são tão felizes.
Mas sempre que você me ver estarei assim:

com o sorriso da criança que tem um parque inteiro só pra ela brincar ;]

silence :x


existe algo mais perturbador que o silêncio entre duas pessoas?
é como se tudo que tivesse de ser falado, já tivesse sido dito.
e na verdade não é isso.
ainda tem tanto por dizer, que por olhares ás vezes conseguimos entender uma e outra palavra perdida nos lábios de quem nada diz.
o silêncio surge quando temos tanto a dizer, que as palavras fogem.

o silêncio machuca.
a falta das palavras perturba.


constrange, irrita, aflige.
no silêncio a gente percebe o quanto faz falta a voz daquela pessoa.
a voz dos chingos, dos chiliques, dos berros, dos cochichos, dos conselhos, até risadas.
qualquer som emitido por ela seria melhor que aquele silêncio angustiante.
aquela falta de sons que parece ser quebrado só pelo barulho do martelo do juízo.
o juízo final e definitivo.
aquele que vai decidir se o silêncio continuará ou será emitido algum som que decida o resto da história.
esse juízo quem dá é vc.
voccê é juiz da sua vida e qem toma as decisões e decide quais serão os rumos.
você pod acabar com o silêncio no barulho de um tapa num rosto ou então em palavras ofensivas que não fazem bem a quem fala e muito menos a quem escuta.
a quebra do silêncio pode ser dada também pelo afagar de um abraço ou 'smack' de um beijo.
já pensou nisso?

está nas suas mãos a decisão.
silence or words

=*

esperança escondida


alguém viu a esperança por aí?
porque de mim ela passou longe.
parece até qe ela se esconde de mim, vai justo o caminho contrário de onde estou.

dizem qe a esperança é a última que morre, correto?
a minha durou tanto tempo, e eu acho que ela ainda vive em algum lugar, só está ausente de mim no momento.
ela só está retomando as forças, porque tá difícil pra ela a barra.
tudo sobra pra ela já perceberam?
tá difícil? tenha esperança que vai melhorar.
tá tudo dando errado? tenha esperança qe uma hora vai dar certo.
ela tá doente? tenha esperança que ela logo vai se curar.
tá triste? tenha esperança que logo logo vc ficará alegre.

mas quem é essa esperança qe salva tanta gente em tantas situações diferentes e ainda vive?
Deus é esperança.
não tem outra explicação.
É a única que vive sempre e que podemos crer...

a minha esperança tá tão distante de mim
ela tá tentando se recuperar de tantas dificuldades, tá tentando se tornar 'a invencível' de nvo..
mas enquanto isso eu fico aqui sem ela.
sem saber se no final vai ser aquilo: felizes para sempre
tenho medo de ser apenas um: the end
quero poder ver no meio de tantos problemas e dificuldades uma coisa boa, uma só.
mas, sem ela aqui, fica difícil.

olhar pra frente e não ver caminhos.
olha pra frente e ver os seus problemas se tornando uma bola de neve gigantesca qe vai levando tudo de boom qe tem pela frente e vc não sabe como fazê-la parar nessa imensa tempestade.


volta logo minha esperança, aonde estiver...
quero logo ver algo bom através dessa nevasca.

18 de abr de 2010

(ý)


é impressionane e no mínimo intrigante a capacidade de alguns seres humanos de ter que jogar na cara 'daqela' pessoa que está feliz sem ela.

pra mim, isso quer dizer que ela ainda pensa em vc TANTO, a ponto de ter que fazer com qe vc saiba que ela está bem sem vc -e na verdade não está- só pra vc ver qe ela não depende da sua existência pra ser feliz.
isso só faz saber que sim, ela ainda pensa em vc e ODEIA ver qe vc está vivendo mto bem sem ela, diferente dela.

mas eu até entendo.. deve ser difícil estar aí sem aquela garota né?
sem aquela garota qe se importava com vooc;
que te perguntava como tinha sido seu diia e se preoocupava c os seus problemas;
que adorava te veer feliiz;
adorava dizer qe te amaava;
adoravaa te abraçar e fazer cafuné...
aquela idiota qe sempre acreditava nas suas desculpas, mesmo qdo todas as provas estivessem contra vc.
aqela boba qe sempre qe brigavam, voltava qdo vc pedia com jeitinho.

e agora tá sentindo falta da bobinha aqi né?
hahahahaha'
eu sabia!

e saiiba disso então:( porqe eu sei qe vc AINDA lê o meu blog ):
ADOOOOOOOOOOOOOOOOOORO qdo vc me chama no MSN pra dizer qe tá namorando,tá indo pra festas e curtindo adoidado.
se vc ainda se preocupa em me informar disso, vc AINDA pensa em mim.
e namoradas e festas NÃO estão conseguindo fazer vc me esqecer.
agr é tarde demais pra vc dar valor a algo que vc PERDEU.

eu estou feliz, estou aproveiitando demaiis, estou conhecendo pessoas legaiis, estou curtindo tudo oqe posso e NÃO preciso te dizer nada disso sobre minha vida.
sab porqe?
... vc não faz mais parte dela.

=*

14 de abr de 2010

a carência que o frio sente


confessa!
no frio, a carência que sentimos se duplica.
tá tá tá, realmente dá aquela pequena vontade de dormir o dia todo, ficar debaixo da coberta, assistir um filme e comer pipoca com chocolate quente.
mas também dá aquela vontade dee ter alguém com voc, quando vê aquele casal na noite fria e nublada na praça, abraçados, rindo das caras e bocas, sentindo frio e aquecendo um ao outro.

sinto falta.
falta de ter alguém a quem eu possa abraçar quando eu sentir frio.
falta de alguém pra poder dar beijinhos pelo rosto e arrancar dela um sorriso.
falta de alguem pra poder esquentar as mãos no bolso da jaqueta dela.
falta de alguém que vai te achar linda usando aquele moleton.
falta de alguém com quem sentar no sofá, assistir filme, abraçar, esquentar seu pé gelado no dele quentinho...

o frio é carente.
totalmente inverso do calor.
no calor não conseguimos ficar perto um do outro porque suamos feito loucos... não queremos um abraço, nem beijo nem nada!
o calor qe vem do sol já é mais do qe suficiente!
queremos distância e um ar condicionado por favor ;]

no frio queremos colo.
o calor que não vem do sol queremos retirar do outro.
queremos cafuné, lareira, chocolate quente, meias, moleton, beijo e abraço.
e nem sempre temos isso.
o frio nem sempre consegue isso tudo que ele deseja.
e as vezes ele chora de tristeza por isso.
é o sereno qe cai nos dias frios de inverno...
ele é o choro do carência qe o frio sente e qe nos faz sentir.

um abraço que afasta o frio?
não, um abraço que afasta a falta, a carência.

e agoora? vc tá aí como eu?
solteira, sem o abraço e o beijo?
tá enrolada na coberta, com suas meias coloridas e seu moleton lindo (não admirado por ngm ainda), tomando leite com tody e lendo este post?

-------------------------------------------------------

não fica depressiva ok?

"eu achei cobertor que me deu tanto amor e qe nunk deixa o frio tomar conta de mim" ♪
ainda estamos pra encontrar o nosso cobertor :)
e enquanto isso, acende uma fogueirinha, escuta músicas tipo um bon jovi, toma uma taça de vinho e curte a solteirisse desse frio ok?

lembre-se, se por acaso vc pensar em desistir:
nenhum inverno é eterno ;]

12 de abr de 2010

and the reason is you ♪


porque meu relógio sempre parecia demorar uma eternidade pra chegar a hora de te encontrar.
porque meu coração acelerava toda vez que o telefone tocava e era você.
porque quando eu te encontrava não conseguia disfarçar meu sorriso bobo.
porque não conseguia esconder que sentia ciúmes quando via você conversando com aquela garota.
porque quando eu ficava aérea, meu pensamento quase imediato me lembrava teu rosto.
porque meu diário diz estar de saco cheio de escrever teu nome.

porque a razão de toda essa metamorfose no coração é você.

9 de abr de 2010

sem nome


sem nome porque não consigui pensar num título.
hoje fazem 2 meses.
2 longos meses que estou sem minha mãe.
estranho, mas estou começando a me acostumar com sua ausência.
já não chego da escola esperando dar um beijo nela e escutar ela contando como foi seu dia.
já não lembro mais como era ir no seu quarto e dormir na cama com ela quando me sentia sozinha.
já nem lembro quando ela ligava o som nas alturas e saía cantando feliz da vida pela casa.
agora o que me lembro é dela com aquele olhar distante.
aquela aparência triste e sem esperança.
aquele sorriso frouxo de quem perdeu a graça de viver.
que doença mais cruel essa.
acho uma das piores.

ESQUIZOFRENIA.

não esqueçam deste nome.
muitos já ouviram falar, poucos realmente conhecem.
doença que desestabiliza vidas.
a do esquisofrênico e dos que convivem com ele.
doença que não tem cura nem remédio.
tem tratamento.
tratamento que nunca é 100% certeiro.
e nesta doença existem os surtos, que são aqueles momentos terríveis, de filme de terror e drama, que vc, garanto, não vai esquecer.

Segundo Wikipédia: A esquizofrenia é um transtorno psíquico severo que se caracteriza classicamente por uma coleção de sintomas que podem ocorrer, como: alterações do pensamento, alucinações (sobretudo auditivas), delírios e perda de contato com a realidade. Junto da paranoia e dos transtornos graves do humor, as esquizofrenias compõem o grupo das psicoses.

Causas? "Genéticas,neurobiológicas, psicanalísticas, familiares ou neurotransmissores."
Pra mim nada disso justifica.
É terrível, é triste, é doloroso, é desgastante...
Minha mãe criou um mundo pra ela. Mas nesse mundo só existem coisas ruins, pessoas querendo matá-la, gente a perseguindo e todos querem seu mal.
Isso não é angustiante? Se fosse eu, não aguentaria.
Ainda bem que é minha mãe. Meu exemplo de forteleza.
Só ela pra aguentar tudo isso.
Eu juro que nao aguentaria.
Quero tanto que vc melhore logo.
Que volte pra casa com aquele sorrisao gostoso!
Que cante no karaoke horas seguidas tirando só notão!
Que me conte tuuuuuuudo o que vc fez durante seu dia, tim tim por tim tim.
Que volte do seu mundo fantasia, pro nosso real.

eu te amo mãe!
sara logo...

sem nome o post. sem nome o que eu sinto.

5 de abr de 2010

primeira vista?

vocês acreditam em amor a primeira vista?
pois é, eu também não.
acredito em qualquer outra coisa a primeira vista.
paixão, animação, idealização, atração talvez...
hoje aconteceu algo tipo filme comigo.
HAHA'
JURO, realmente me senti num filme.
andando numa rua escura, voltando pra casa.
no caminho, só um garoto que mal consigo ver, descendo em minha direção.
eu subindo a rua, do nada, tipo assim do NADA mesmo, a luz de um poste acende.
eu olho pra ele, ele olha pra mim.
PARA TUDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO no filme que preciso fazer um ps.
Ps.: POXA VIDA como ele é lindoooooooooooooooooooooooooooo.
pensa no Taylor do Crepúsculo. pensou? put's cara, parecia demais.
voltando ao filme... foi menos de 1 minuto a nossa 'mera' olhada um pro outro, mas pareceu câmera lenta no momento que pinta o romance sabe?
passei por ele pensando: pô tu é lindo demais OMG.
e tipo, olho pra trás pra ver ele pela última vez e quando olho...

Tan tan tan tan ♪
(climinha de suspense que é pra ficar legal)

ele também tava olhando e aí: PUFT!
a luz do poste apaga de novo.
tipo, mto macabro.
ele continua andando e eu também... eu assustada e garanto que ele também ficou meio encucado.
saí dali pensando: isso dá um filme.

USHAUSHAUSHAUS' primeira e última vista.
sentimento de acelerar o coração e colírio pra minha vista tá? HAHA'

i hate cidade grande ok!?
porqe garanto qe nunk mais vejo esse cara.
e se eu ver, vai ser como dessa vez.
ele vai passar e só.

aiiiiiiiiiiiiiin, gatíssimo, para no meu bairro? para na minha rua? para na minha vida?
SUAHUSHAUSHAUS

♥.♥

imprevisível

quer me conquistar?
saia do comum, do monótono, do igual.
se tem algo que não suporto é isso: previsibilidade.

historinha pra vocês:
tô num ônibus e entra um carinha lindo.
mas, pense num cara lindo.
pensou? então, ele era mais.
não era forte e musculoso, nem loiro dos olhos claros.
mas ele tinha lá aquela beleza diferente que sempre atrai e você não sabe explicar o que nem o porque. entende? pois é, era ele.
e aonde ele senta? no banco do lado.
afinal, era o único vazio.
aí você pensa: que merda, eu podia ter sentado ali do lado --'
haha, aí você ri de si mesma. #quetonta
até parece que um cara gatíssimo vai olhar pra VOCÊ dentro de um ônibus cheio de pessoas, pedir seu telefone, te ligar no outro dia e vocês vão sair e se apaixonar e namorar e final feliz.
ACOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORDA garota.
aff' não custa sonhar. ;P
o telefone dele toca. ele atende.
eu penso: CLARO, é a namorada.
e cara, POXA sou mto boa em adivinhação.
não é que era?
e quer apostar quanto que é uma loira ou morena linda de cabelos lisos, olhos claros e raquítica?
vey, como eu queria ter apostado algum dinheiro, pelo menos voltava com alguma grana pra casa.
entra essa tal loira linda no ônibus, da mesma escola que ele, senta atrás dele e se comprimentam com um celinho.
mero celinho, mas que deu |admito| uma pitada de inveja.
não inveja no sentido: quero que morram ordinários --'
mas no sentido: queria isso pra mim "/
é, mas como eu pensei e acertei na mosca /modéstia a parte/, um garoto mega lindo, tinha que querer quem? uma garota mega linda no padrão da beleza que os homens previsivelmente querem: mega loira, mega raquítica, mega padrão.
aaaaaaaaaaaaaaaaaaff'
logo desencantei.
e aquela pitada de inveja se transformou em: não quero isso pra mim.
não pelo fato dele ter uma namorada, e não também por ele não ceder o lugar a uma senhora no ônibus (acreditem, ele fez isso), e sim pelo fato dele ser completamente PREVISÍVEL.
pelo fato de que ele é como a maioria dos garotos.
deve pensar em futebol, bebida, dinheiro e mulher.
e MAIS nada.
ai que tosco.
quero o imprevisível. quero encontrar um alguém que eu pense: vai fazer isso, tá na cara... e ele fazer justo o contrário.

quero um cara que ceda o lugar pruma senhora no ônibus.
quero um cara que fique com quem gosta pelo jeito de ser e não por ser loira de olhos claros ou morena do cabelo liso ou...
quero um cara que goste de estilos de música, várias ou uma, mais não porqe fulano gosta e sim porqe ele ama escutá-las.
quero um cara que leia bons livros e não só mangás hentay.
quero um cara que te ligue do nada só pra saber como foi seu dia.
quero um cara que creia em Deus e não tenha vergonha de mostrar isso.
quero um cara que não tenha seus gestos e pensamentos previsíveis por todos.
quero um cara que goste de uma pessoa por inteiro e não de várias por partes.

é pedir muito?
não gosto do padrão. isso me incomoda.
seja imprevisível, seja VOCÊ.
sem cópias, sem máscaras, sem imitações, sem previsões.

Não ao Padrão (!)

4 de abr de 2010

senta que lá vem história..

você ter vontade de tacar alguém num poço sem fundo.
você ter vontade de voar no pescoço dela e rolar com ela no morro.
você ter vontade de chingar ela de nomes feios e até inexistentes.
você ter vontade de gritar, chorar, berrar e sair correndo pra lugar nenhum.


você não fazer nada disso.

isso é auto-controle.
é você ter vontade de matar, socar, gritar e apenas ficar calada, sair dali e ir prum lugar vazio.
um lugar onde não tenha ninguém. e aí você pode chorar, gritar, socar como quiser.
já ouviu aquela frase? flecha lançada, pedra tacada e palavra dita são coisas que não tem como voltar atrás...? pois então, é isso mesmo.
e é bem melhor, você ficar calmo, e depois explodir em qualquer outra coisa do que dizer algo que depois você se arrependa mas aí já é tarde demais.

este fim de semana fiz isso.
saí correndo feito uma louca numa estrada de chão, onde o máximo qe você via se olhasse para os lados seria mato e boi.
extravasei.
saí correndo, gritando, chorando.
saí olhando pro céu como que esperando que Deus falasse comigo.
dissesse o que eu tinha feito de errado, me abraçasse, dissesse que ia dar TUDO certo e logo aquilo tudo ia ter um sentido.
ou então que brigasse comigo, me pegasse pela orelha e me desse umas palmadas.
esperava qualquer coisa. qualquer sinal, qualquer palavra, qualquer gesto.
conseguem adivinhar? Ele não desceu do céu, nem falou comigo.
mas eu entendo o silêncio Dele.
Ele devia estar sentado no seu Trono, me olhando e dizendo: que menina mais mimada essa minha filhinha.
Tantas coisas ela já passou, tantas ela ainda vai passar e choras por isso?
que menina de pouca fé.
assim que pensei isso, enxuguei minhas lágrimas.
não sou mimada, não tenho pouca fé.
ACREDITO e muito que tudo vai dar certo.
Eu sei qe chegará minha vez ♪
começou a chover.
pensei: poooooooooooooooooooooooooooôh Deus, tá de sacanagem?
eu na estrada de terra ou seja, vai virar pura lama, sozinha, tava escurecendo, eu triste pra caramba, mó reflexiva e tu ainda me deixa na chuva? :#
é, mas depois eu pensei de novo...: dizem qe as gotas de chuva são lágrimas de Deus não é?
então Ele me entendeu. então ele viu que não tá fácil pra mim, que não sou mimada, e muito menos tenho pouca fé.
Ele não pôde descer pra me abraçar, mas me senti abraçada.
Ele não pôde descer e me dizer doces palavras, mas me sentir confortada.
e suas lágrimas? secaram as minhas.


e meu auto-controle tá aqui.
vou explodir de vez em quando, vou ter sim os meus xiliques.
mas vou passar por isso é CLARO.
e assim vai continuar a minha história, o meu blog, a minha vida e meus momentos.

sequência de sentimentos e estados de espírito.

bipolaridade total.
é a vida que segue geniaal ;]

#rimaprothomas =)
=*

momento revolta da minha páscoa ;]

domingo de páscoa.
momento de INDIGNAÇÃO pra mim.
esse capitalismo de merda que reverte tudo :@
#momentodesabafo
tudo tudo tudo vira dinheiro.
dignidade, honestidade, amor, compaixão, caridade... TUDO vira dinheiro.
a lembrança de que um homem MORREU na cruz, sofreu e sangrou por VOCÊ, é esquecida.
o real sentido disso tudo, desta data, desta vida, deste post, desse dia... é esquecido.
no meio de ovos de páscoa e bacalhau.
no meio da ganância das pessoas, no meio de falsos sorrisos e palavras interesseiras.
se perdeu. se perdeu o sentido da vida.
o sentido da nossa fé. o porque de acreditarmos em algo maior do que nós.
o porque de existirmos. o porque de crer em Deus, em milagres, em perdão.
CAPITALISMO imbecil.
que só faz a ganância das pessoas crescer e os outros sentimentos evaporarem.
é isso mesmo que você quer pra você?
isso mesmo que você qer pros seus filhos? que na páscoa eles queiram chocolate e chocolate? que eles pensem que a páscoa não é mais nada que um feriado no calendário?
se não, comece a mudar desde já.
pode ser muito tarde. #fikdik