13 de abr de 2013

Deixe estar, deixe descontrolar

Vou ser sincera, nunca sofri de insegurança quando o assunto era relacionamento.
Eu sempre tive confiança no meu 'taco', vamos dizer assim rs.
Mas hoje, não sei se posso dizer que tenho medo... acredito mais ser medo de ter medo. O que não deixa de ser medo.
Consigo lidar com muita coisa, mas com mentiras ou omissões não. Consigo perdoar (acredito eu), mas não reconstruir a confiança.
É um defeito meu, e sério.
Com amigos, com família, com namoro, com o diabo a quatro como dizem por aí, posso perdoar mas esquecer... não dá.

Tenho muito receio de ser feita de idiota ou algo assim. Compreende?
Isso de: não faça com os outros o que não deseja que façam com você  é balela. Na hora de fazer a cagada, ninguém pensa nisso.
Eu gosto de conversar, de deixar claro, eu pergunto 1 e 2 vezes... a terceira não.
Mas hoje, eu já estou cansada.
Isso de tentar mostrar pra alguém ou pro mundo como você é e em que acredita... eu vou colocar em prática o dizer de uma das minhas próximas tatuagens: Let it be.

Deixe estar... deixe acontecer.
Não vou tentar controlar mais nada, afinal... a vida é um total descontrole.