14 de jul de 2013

Máquina do tempo

Hoje eu estou um pouco triste.
Me lembrei de coisas que me deixam mal e que prometi me esquecer, ou apenas não lembrar.
Chorei, me afundei na cama, não encontrei UM filme bom o suficiente pra me arrancar alguma reação, nenhum programa bom na TV e a rádio tocava músicas que me arrancavam mais choro.
Comi tudo que existia na cozinha e quando me via sem ter o que fazer, pensava em comer de novo. Peguei um bom livro pra ler, mas não consegui passar de duas linhas e minha atenção voou pra não sei onde e optei por não ler hoje.
Joguei alguns jogos bobos no celular, vi alguns vídeos bobos no youtube e de novo... me vi sem ter o que fazer e me lembrando de coisas tristes e pensando no futuro.
Queria ter certeza das minhas escolhas, não ter medo de falhar, poder confiar nas pessoas e em mim.
Queria tanto ter o poder de mudar as coisas, de poder voltar no tempo, de fazer tudo dar certo do jeito que pensei...
Queria não me decepcionar com as pessoas. E não decepcioná-las.
Mas sei que é impossível. Estou ciente que a vida é assim e que precisamos encontrar outras soluções, viáveis e possíveis para nossos dilemas.

Esse tal perfeccionismo de virgem é muito doloroso. Poderia voltar no tempo e mudar meu signo.
Ah, mas me lembrei... não tenho uma máquina do tempo.


3 de jul de 2013

É difícil pra você e é difícil pra mim (8

Sou muito exigente e tenho consciência disso.
Cobro muito das pessoas, 3x mais de mim.
Sei que ninguém é obrigado a cumprir minhas expectativas, mas eu sempre espero isso.
E eu quero pra ontem.
Difícil de lidar? DEMAIS.
O pior é lidar com minha insatisfação, que sempre me faz pensar se estou fazendo a coisa certa e confiando nas pessoas que deveria.

É difícil pra você e é difícil pra mim (8

Ignorância ou Hipocrisia? - Rascunhos salvos e não postados...

Todos nós convivemos com pessoas de opiniões diversas e raramente (ou nunca) encontraremos alguém que concordará em tudo conosco. Acho isso, particularmente, fascinante.
Adoro debater, ouvir o outro lado, poder mudar de opinião. Somos livres para isso, ainda. Na verdade, não completamente livres.
 Bem, mas não é sobre isso que vou falar hoje. Hoje, minha intenção é tentar entender os que se consideram donos da razão, possuidores de grande sabedoria ou algo do tipo e ignoram, inferiorizam ou atacam as opiniões divergentes.
PESSOAS, entendam: debater é saudável, discutir é tosco.
Simples assim.
Cada um tem uma opinião e alguns são firmes nela cabeça-dura.
A náusea que me dá quando me deparo com pessoas que jogam a opinião ao vento para quem queira escutar e não dá oportunidade de ouvir as outras tantas, ninguém tem ideia.
Se tem uma boca e dois ouvidos, não é atoa #ficadica