21 de set de 2010

Jogos de caráter


Como espero que as pessoas me entendam se eu mesma não consigo me entender?
Quero que tudo se exploda, que as máscaras caem, que a falsidade se torne pública, que as mentiras venham á tona, que as personalidades sejam autênticas e que com isso, tudo mude.
Quero me bater quando penso assim, porque só pensar e querer mudar não adianta.
Porque ainda existirão pessoas com máscaras, ainda haverá falsidade nas palavras, ainda terão pessoas mentindo pra você, ainda terão pessoas que não são o que mostram ser e eu tenho que aceitar que sou uma completa idiota por achar que isso vai mudar ou que exista uma excessão.
A excessão que pensa, acredita e age como é digno.
Mentira. Tudo mentira. Isso nem deve existir. Tudo isso só me magoa, me fere.
Mentiras, falsidade, mau caráter.
QUE ÓDIO. Me sinto a maior das idiotas em apostar sempre as minhas fichas em todos esperando que sejam verdadeiros, que sejam amigos, leais e também sejam o que mostram ser.
Nunca são! Sempre perco minhas fichas, saio perdendo e desacredito das apostas... mas sempre penso que da próxima vai ser diferente.
Acho que sou viciada em jogos. Jogos de caráter, jogos de verdades e mentiras. Viciada em perder.
Eu tenho que aprender. Aprender a mentir, a enganar, a fingir ser quem eu não sou, a forçar simpatia, a segurar a angústia e com ela, as lágrimas.
Preciso aprender a conviver com esse mundo, com essas pessoas, com esse jogo e dados viciantes.

"Deus, sara essa nação com o Teu poder, com o toque da Tua unção."
Só Ele mesmo que pode mudar alguma coisa.
Acho que sou essa idiota esperançosa que acredita numa mudança e numa exceção, só porque creio que Ele vai mudar tudo isso e que Seus planos pra minha vida e pra vida de todas essas pessoas que hoje me magoam, é bem maior do que imaginamos.
E esse jogo, Ele domina. Os meus dados e minhas peças estão nas mãos dEle e confio no resultado.

HAHA'
Será que Ele joga melhor de três?
Perdi uma, ganhei outra...
mas a verdadeira vitória ainda está por vir...

o xeque-mate é Ele quem vai dar por mim.

19 de set de 2010

Questionário Musical

Como eu sou?
"Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo" ♪
(Raul Seixas)

Terei uma vida feliz?
"Que Sejas meu universo, não quero a minha vontade, quero agradar-Te" ♪
(Bande PG)

O que devo fazer da minha vida?
"É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã" ♪
(Legião Urbana)

Por que a vida tem que ser cheia de dores?
"O tempo é rei, a vida é uma lição
E um dia a gente cresce,
e conhece nossa essência e
ganha experiência
E aprende o que é raiz, então cria consciência"
(Charlie Brown Jr.)

Que conselho você me daria?
"Nem tudo é como você quer, nem tudo pode ser perfeito, 
Pode ser fácil se você ver o mundo de outro jeito" ♪
(Capital Inicial)

O que você acha que é felicidade?
"Vivemos esperando o dia em que seremos melhores, dias de paz, dias a mais, dias que não deixaremos para trás" ♪
(Jota Quest)

O que você diria para mim neste momento?
"Se você pensa que o meu Deus ainda tá pregrado, como um símbolo morto de uma uma morta geração, oh não! Você se enganou!(...)
Ele vive e brilha mais do que os raios de sol e um dia Ele vem sobre as nuvens do céu" ♪
(Banda Resgate)


O que eu deveria fazer se só me restasse um dia?
"Aclame ao Senhor, toda terra e cantemos, poder, majestade, louvores ao Rei;
Montanhas se prostem e rujam os mares ao Som de Teu nome, Alegro e te louvo por
Teus grandes feitos, firmado estarei, sempre te amarei, incoparáveis são tuas promessas" ♪
(Diante do Trono)

O que eu diria no ouvido de quem eu amo?
Meu amor, eu te decorei só num olhar,
o que Deus uniu e abençoou!
Nada pode separar, nosso amor é como um rio que se entrega para o mar ♪
(Aline Barros)


14 de set de 2010

sz



Mais que a mim - Ana Carolina e Maria Gadu

13 de set de 2010

Durante uma aula de biologia...


Tive aula de biologia a uns dias atrás e aprendi algo bem legal sobre o dente ciso.
Algumas crianças nascidas, já estão crescendo sem ele e a tendência é que no futuro não se tenha mais ninguém com estes dentes.
A explicação é bem simples: falta de uso.
Como agora não precisamos mais caçar e/ou usar todos os dentes para dilacerar os alimentos, o ciso perdeu sua função, não sendo mais utilizado.
Eu pensei: então daqui a algum tempo nasceremos sem ouvidos.
Já que geralmente julgamos sem escutar a defesa, não damos valor a um eu te amo dito, discutimos e não escutamos o pedido de perdão.
Já que não está mais sendo usado, será que um dia, nossos netos e bisnetos nascerão sem ouvidos?

:P

12 de set de 2010

volatividade x personalidade

O blog é meu, os pensamentos que estão aqui são meus, os textos são de minha autoria, então eu escrevo o que eu quiser aqui.
Comento sobre coisas que adoro, coisas que detesto, coisas que abomino, coisas que tenho nojo, coisas que tenho medo, coisas que amo, coisas que nem fedem nem cheiram pra mim.
Algo que não suporto será o tema deste post hoje.
ODEIO pessoas voláteis.
Não que eu seja uma completa cabeça dura sem senso de auto-crítica e me considere a dona da razão. Como já disse aqui e repito: eu mudo sim de opinião, se houverem provas, fatores e argumentos suficientes para me convencer.
A volatividade que falo aqui, não é mudar uma opinião, não é assumir que estava errada e ver algo em que acreditar agora. Eu falo é de ser sombra.
E posso dizer, conheço pessoas assim. São sombras de personalidades, sombra de pessoas mais pensantes que elas.
Não sei se por preguiça ou falta de capacidade mental de fato, só sei que não formam sua própria opinião, baseando-se sempre na idéia alheia e pouco lhe importando trocar agora, ou daqui a pouco ou a cada pessoa que lhe apresente algo novo.
Não sei se para agradar, para causar simpatia ou para forçar um laço comparativo.
E sinceramente? Não me importa também.
Só alerto: se quiser ser minha amiga, ao menos minha colega, ou quem sabe um 'chegado' sequer, não faça isso.
Não minta suas decisões pra mim, não tente forçar uma simpatia que não existe porque cedo ou tarde, sua verdadeira personalidade vai aparecer.
E eu não te acharei interessante e eu não te acharei diferente, não te acharei nem melhor nem pior.
Você apenas se encaixará no meu quesito: nem fede, nem cheira.
Porque assim, não teria personalidade.
Você é um espelho das pessoas com quem convive e a cada hora reflete algo diferente e ninguém gosta disso.
Não gosto muito de química.
Não gosto de ninguém volátil demais, não gosto de pessoas sem conteúdo.
Minha área é mais humanas , é olho no olho e dente por dente, é ser você mesmo que seja estranho, ser você mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro ♪

Opostos se atraem!?
Nesse caso a regra não se aplica.
Pessoas de personalidade repelem as pessoas que não a tem.
Seja cópia ou seja você.

Momento ferida


Não lembramos de algumas pessoas se não fossem momentos que marcaram.
Para alguém se tornar especial pra você, precisam ter um momento em que ocorra algo especial entre vocês.
No entanto, os momentos tornam as pessoas especiais e o vice versa também vale.
Existe aquele instante mágico, em que você se sente uma criança feliz, com os olhos brilhando de emoção, o coração saltitando de alegria e aquele friozinho na barriga que faz com que aquele momento e aquela pessoa marquem sua memória e seus sentimentos; como o som de uma caixinha de música leva á nossa mente as lembranças de um dia feliz.
Existe também, aquele momento que se ouve uma palavra, que se presencia uma cena, que se fala o que não queria, que se discute, que se ilude... estes marcam sua memória e seus sentimentos de tal forma que se torna uma ferida.
Ferida sensível e esquecida, mas que mesmo com o passar dos anos ainda sangra quando tocada.
Esses momentos são o meu tormento. Creio que tenho tantas feridas que não são capazas mais de cicatrizarem e o passar do tempo só vem me deixando mais machucada.
A única coisa que me sustenta e me faz seguir em frente são as recordações e momentos felizes.
Quando estou me sentindo muito machucada, quando vejo as feridas tomando conta do corpo e alma, abro minha caixinha de música e com ela, as lembranças de um tempo bom, a nostalgia de um sorriso, a falta daquele abraço, aquele amor tão sincero que recebi vêm a tona com a música.
O som dessa música alivia a dor, mas não cura a ferida.

Não machuque sem saber, não faça nada sem um porquê, não venha se arrepender depois.
Palavras e atitudes, uma vez ditas e tomadas, não voltam atrás.
Agora está tudo mais claro, é por isso que me identifico tanto com elas.

8 de set de 2010

*-*


Terminei de ler hoje o livro "A Cabana" de William P. Young e antes que qualquer comentário seja feito:
eu o recomendo.
Não importa idade, sexo, religião ou qualquer outro tipo de restrição, basta crer.
Nos últimos dias tenho me ocupado com vários afazeres que sempre tornam meu dia pequeno demais para cumprir os mesmos e com o tempo muitíssimo curto para fazer tudo o que quero e pretendo.
Tenho deixado, confesso, as coisas que mais considero importantes, de lado.
Tenho estudado muito para o vestibular o dia todo, e cansada anoite, não tenho feito o principal: agradecido a Deus por todo o dia e pedido pelos próximos.
Tenho me alimentado exageradamente até, de ansiedade que só cresce e não tenho agradecido o alimento.
Tenho ido ao cursinho e ás aulas, e até mesmo no cinema ver filmes de romance e drama, mas não tenho frequentado sempre a igreja.
Tenho lido vários livros por semana e escrito muito no blog, mas não tenho lido a bíblia e nem falado da palavra de Deus a nenhum amigo ou desconhecido que seja.
Tenho falhado tanto com Ele e mesmo assim, Ele não desiste de mim.
Ele vem me sustentando quando preciso, Ele não me deixa sozinha quando me sinto, Ele está sempre presente como amigo fiel que É e tem sempre deixado por outros meios, alguma palavra na minha vida.
Eu precisei que o próprio me chamasse a atenção para os meus deslizes, que o deixam tão chateado.
Pode não siginificar nada, mas Ele deu seu sangue por mim na cruz.
E além de agradecer por isso, no correr do dia-a-dia, nem me lembro disso.
Ele sofreu na Cruz e foi julgado por incrédulos que não confiavam no seu poder, foi traído e humilhado.
E além de louvá-lo todo instante, não julgar as pessoas como Ele foi e não trair nem humilhar meu próximo, eu assisto programas de TV sem nenhum conteúdo, julgo livros pela capa, julgo pessoas por aparências, minto e omito julgando sem saber de fato a verdade.
Pode parecer pouco, mas devíamos lembrar disso sempre.
Porque Ele não sofreu naquela Cruz, nos salvou e acabou.
Ele ainda vive e ainda sofre, quando vê o que estamos fazendo com o livre arbítrio que nos foi dado.
"A Cabana" foi lançado em minhas mãos, não foi atoa.
Veio me trazer uma mensagem de Deus, e espero ter entendido o que Ele quis me dizer.
Quero ter um contato com o meu Deus. Quero ter um contato real, uma relação única de afeto e amor que não existe entre humanos.
Nós nem imaginamos o tamanho do amor de Deus por nós, uma pequena parcela desse tamanho amor nos traz a maior felicidade que possa existir.
Quero ter e viver em plena comunhão com Ele, nem que isso me custe aprendizado, falhas e algumas batalhas perdidas.
A guerra ainda está por vir e eu estarei preparada para a chegada do meu Salvador.
E você?

5 de set de 2010



Sinto saudade e acredito que você nem saiba disso.
Ninguém sabe a proporção do meu sentimento, nem mesmo eu, quanto mais você que sempre duvidou dele.
Não faço questão de provas de amor, de loucuras apaixonadas ou qualquer outra baboseira atoa.
Você me conhece, sabe que a simplicidade de algumas palavras ou gestos já me tocariam mais que qualquer outra coisa.

Eu só quero que você saiba que eu estou pensando em você.
Eu só quero que você saiba que te quero tanto bem.
E os sintomas de saudade, durarão enquanto você não voltar.

A sua falta é o que me adoece e a minha cura, é você.

É cedo ou tarde demais pra dizer adeus, pra dizer jamais



Acabou tão rápido, ou não.
Sei que foi intenso.
Foi verdadeiro enquanto durou.
Ainda existe? Sim, no coração de quem é que não sei.
No seu, não creio que está. Você me disse adeus, cedo ou tarde demais para não machucar.
Saiu, virou aquela esquina e nem olhou para trás.
Se significou ou não, se foi amor ou não, se partiu por opção ou não... jamais vou saber.
Seu olhar aquele dia me fez sentir um misto de sentimentos raivosos, conturbados e apaixonantes que no fim, você saiu, eu fiquei e nada foi dito.

Agora, olho pela janela e sempre penso que aquele vulto é você, voltando pra terminarmos nossa conversa.
Não tive a chance de dizer tudo o que senti, pois foi meus olhos piscarem e você partiu.
Sinto que faltou o ponto final e as reticências do nosso caso não me deixam ter paz.
É cedo ou tarde demais pra dizer...

mas é preciso ser dito.

Adeus.

=)

Nos seus olhos quero descobrir uma razão para viver ♫

um pouco sobre a blogueira

Uma aventura?

Um doce?

Uma parceira?

Uma conselheira?

Uma amiga de infância?

Uma amiga baladeira?

O abraço mais sincero?

Um perfume?

Um sonho?

A melhor irmã?

Um livro?

Um filme?

Melhor turma?

Um vício?


=)

3 de set de 2010



Music Post Day

Agora somos só nós dois e não temos que provar pra mais ninguém, amor!
Eles não conseguem entender como é real que a gente se encante por alguém assim... ♪

aqueles olhos indiferentes


Eu te olhava, observava cada gesto seu de longe.
Sabia quando estava sem graça pelo jeito de mexer no cabelo, sentia o seu sorriso inocente em casa conversa boba com os amigos, entendia o seu gosto em algumas matérias da escola pelo interesse no olhar.
Cada gesto, cada olhar.
E quando seus olhos, sem querer ou não, cruzavam com os meus, ficava estática e totalmente penetrada naquele mundo de sensações que me invadia.
E você, de relance, olhava aquela garota como olhava para todas as outras e voltava com seus sorrisos espontâneos e seus gestos, já tão previsíveis para mim.
Aquele olhar indiferente era o que acabava comigo.
Sábio aquele que dizia: "O contrário do amor, não é o ódio e sim a indiferença."
Cada detalhe que eu percebia em você, cativava ainda mais o meu carinho.
E cada vez que aqueles olhos indiferentes me olhavam, algo em mim mudava.
Espero que, quem sabe um dia, o sentimento que seus olhos refletem a mim, mude.
Que a indiferença não seja mais a diferença.

a hora certa


O problema seria idealizar?
Por acaso, você está sozinha hoje por ser exigente demais?
Por esperar o lindo príncipe vir galopando em um cavalo branco e pedir a sua mão?
Por esperar um amor verdadeiro e diferente de tudo o que você já sentiu?
A idealização frustra, porém a faz buscar melhores escolhas e não parar em qualquer roubada.
Sabe aquela famosa frase: o que é seu, está guardado!?
Assim eu espero e assim eu acredito.
Acredito que Deus o escolheu com todo carinho e amor que sabe que eu mereço e preciso, e o guardou em um baú do tesouro onde o escondeu até chegar a hora certa para me entregar.  A hora em que eu reconheceria o seu valor e ele o meu.
A hora em que o tesouro se tornasse de fato precioso.
Aí está então o motivo da minha solidão: meu relógio e suas horas erradas.