3 de dez de 2012

É isso mesmo, produção?


Igreja não é sinônimo de pureza, nem de bondade, muito menos de merecer mais que outro.
Na verdade, o tempo que passei dentro e fora da igreja me mostrou muita coisa... A Igreja é quase como um outro planeta, onde pessoas ficam soberbas por achar que por se chamarem de cristãos e frequentarem o mesmo local todos os domingos é sinal de que são pessoas melhores que as outras.
Existem sim, pessoas boas e que realmente querem apenas louvar á Deus e fazer um bom trabalho, ajudando quem pode, ajudando uns aos outros na fé, mas também existem os que estão ali apenas mascarados.
No mundo, eu encontrei pessoas especiais... pessoas dignas de admiração, pessoas que gastam seu tempo ajudando outras sem interesse, que procuram sempre fazer o bem sem esperar algo em troca, pessoas que se amam independente de dinheiro, classe, cor ou sexo, pessoas que realmente sabem viver felizes e agradecer por cada dia. Na igreja, conheci homens casados e pais de família que davam em cima de adolescentes, conheci pessoas que dentro da igreja são abençoadas e fora dela só sabem criticar e falar mal da vida alheia, conheci pessoas que iam á igreja no domingo e no sábado iam pra festinha usar drogas, se embriagar e pegar as tchutchuquinhas.
Então, meu querido... se você é daqueles que acha que religião é sinônimo de caráter, você está redondamente enganado. Caráter você constrói, adquire.
Religião é apenas um nome... e cada dia mais acredito que ela só nos afasta da verdadeira fé.

Boa noite!