18 de nov de 2011

Estranha de mim

Vivo com tanta coisa na cabeça, que é como se meu cérebro fosse um computador que processa durante 24h todos os dias.
Penso, penso, penso, relembro, penso, penso, invento, penso, penso.
Sinto medo, sinto insegurança, sinto solidão, sinto agonia. Tudo isso em pensamento.
Nada do que sinto eu transmito.
A todos que me vêem eu distribuo sorrisos, piadas, abraços e mais sorrisos.
Não é porque estou num conflito interno, que os que amo externamente precisam saber e sentir também.
Quando estou sozinha vem tudo á tona... aí vejo o quanto, mesmo acompanhada, estou só.
Meus problemas, minhas dificuldades, aquilo tudo que me atormenta e tira o sono... ninguém sabe.
Ninguém imagina o quanto sinto cada pedrinha que me bate, como se fosse uma rocha caindo sobre mim.

Estranho é saber que nunca consegui me mostrar pra ninguém como realmente sou.
Estranho é saber, que para os mais íntimos e até para mim... sou uma estranha.

Foco

Prioridade. Uns tem e outros nem sabem o significado da palavra.
Esses dias entendi o porquê que certas pessoas conseguem o que desejam e outras não têm tanto sucesso.
É tudo uma questão de foco e esforço.
Ok que somos jovens, estamos no 'auge' de nossas vidas, queremos aproveitar, queremos festinhas, beijar na boca, beber, farrear, aproveitar tudo que pode... mas também não é só disso que é feita a vida.
Logo logo o tempo que você poderia ter investido em outra coisa, em aprendizado, em vestibulares, faculdades e cursos, vai passar porque era melhor ir para as festinhas do que pensar nisso.
Aí você vai querer arrumar um emprego, mas não vai conseguir nada realmente bom porque você não é cursado, especializado em nada. Como contratar alguém que só sabe as tendências de roupa, bebidas, festinhas e maquiagem? Talvez você consiga um emprego como vendedora de cosméticos ou algo do tipo né.
Não acho que esse seja seu sonho... terminar atrás de um balcão de loja.
Talvez sim, mas se a loja for sua (:
Têm pessoas que a mãe e o pai vão 'dar' um futuro, comprando algo para que ele trabalhe ou consiga um emprego na empresa da família... mas outros não têm tanta sorte.
É preciso correr atrás, saber o que quer, estudar, se esforçar, dar o seu melhor.
Ter o sucesso que tanto se anseia, não é assim tão simples.

Foco, prioridade.
Eu ás vezes penso não ter muito, mas sei que com o que tenho vou conseguir.
Existem pessoas que precisam de um choque de realidade, espero que lendo meu texto elas caiam na real... se não acontecer, a vida por si só as ensinará.

#fikdik

15 de nov de 2011

Incoerência temporal

Tempo tempo tempo tempo
 Compositor de destinos
Tambor de todos os ritmos
Tempo tempo tempo tempo ♫

Compositor de destinos.
É ele que não deixa o ponteiro do relógio se apressar quando faltam poucos minutos para o horário de saída no serviço, para o encontro com o namorado/namorada, para a tão esperada festinha com os velhos amigos e etc. É ele que faz com que as horas voem no happy hour, na troca de carinhos com seu amor, na farra com sua galera.
Completamente incoerente.
Você reclama que não tem tempo de entregar um trabalho na faculdade, alguns anos depois você reclama de não ter tempo para nada a não ser trabalho, depois de mais alguns anos você reclama que não tem tempo pra mais nada a não ser os filhos e a família, depois reclama por não ter aproveitado o tempo da faculdade e o do trabalho e a sua família. Perde tempo reclamando de não ter tempo.
Certa vez me disseram que VIDA é o que acontece enquanto estamos fazendo planos para viver.
Enquanto reclamamos, enquando queremos mais, enquanto só resmungamos... nossa vida está aí, passando. O tempo não vai parar, embora ele possa parecer estar devagar ou rápido demais, ele não pára.

"Não perca o resto do tempo que ainda te resta
.Não perca tempo pensando que a vida não presta.
 Certas canções duram pouco, outras são eternas.
 Por que carros e avîões, se tens sonhos e pernas?"




Viva, leia, cante, dance na chuva, sai correndo, grite, diga eu te amo, abrace, ande descalço, beba gelado, saia da dieta, viaje, relaxe, realize sonhos seus e de outras pessoas, sorria, seja feliz.

O tempo tá passando.

Nostalgia de um futuro

Hoje mexi na minha caixa de lembranças.
Reli todas as cartas de amizade, todas as declarações de amor feitas, vi aquele papel de bombom, aquela entrada de cinema, aquele colar... em minutos vi pessoas e momentos que há muito não via.
A maioria das coisas me traziam memórias boas e outras, nem tanto... mas tudo fez parte da construção dessa Alyane que hoje escreve aqui.
Se não fossem aqueles amores, amizades, decepções, momentos, farras... talvez não seria eu aqui hoje, talvez nem estaria aqui. Vá saber o que um detalhe na minha vida não teria mudado no meu destino?

Lembrança é uma coisa muito doida não é mesmo?
Temos boas e ruins, mas por mais que guardemos mágoas... as coisas boas prevalecem.
Descobri esses dias o real significado do amar apesar ou por causa de tudo.
É lembrar das tantas vezes que alguém que te fez chorar, mas saber que o sorriso foi mais importante mesmo não sendo tão frequente.
Tive uma nostalgia sem tamanho enquanto olhava minha caixinha. Revivi tudo aquilo.
Percebi que palavras realmente o tempo leva, tantas 'amigas' me prometeram nunca abandonar e nunca mais as vi, tantos garotos me disseram que seria eterno e acabou.
Mas senti falta de uma coisa e outra. Me deu saudades do tempo em que as preocupações eram outras... saber se depois das férias meu grupo de amigas estudaria na mesma sala, se o carinha que eu gostava também gostava de mim, se minha mãe ia deixar eu dormir na casa da minha melhor amiga pra uma noite do pijama.
É, hoje em dia as preocupações são vestibulares, o que fazer profissionalmente, como ganhar dinheiro, casar ou não, como sobreviver á essa pressão toda.
Mas o que me conforta é saber que tudo isso também vai pra minha caixinha de lembranças um dia.
Daqui há uns anos pegarei minha caixa, abrirei e lembrarei desses momentos com um sorriso no rosto dizendo: como passou rápido! Mal sabia eu que era uma das melhores fases da minha vida.
Se bobear, mostrarei isso tudo para minha filha/filho e ele vai achar graça das coisas que eu considerava importante, dos problemas que passei, dos amores que tive, das minhas memórias bobas.
Iremos rir juntas e eu a ajudarei a montar sua própria caixinha de lembranças a qual eu estarei presente em todos os momentos.
Ela vai passar por isso também e com ela vou viver tudo de novo.
As amizades, os amores, as decepções, os momentos, as farras..
A diferença é que serei a coadjuvante dessa vez ;)

1 de nov de 2011

Labirinto de mim

Não sei dizer o que quero, as palavras não saem.
Em um momento de fúria mortal, engulo xingamentos.
Em um momento de tristeza profunda, engulo o choro.
Em um momento de desabafo, engulo sentimentos.
Não consigo entender, não consigo me exprimir... mal mal através da escrita.
Porque?

Ainda me julgam por isso. Como se fosse minha culpa.
Uns dizem que não me abro, outros dizem que não tenho confiança, outros dizem blá blá blá.
Eu tento, Deus sabe como tento... mas não dá.
E sinceramente, quando consigo dizer algo... não é o que realmente se passa.
O pouco que digo para algumas pessoas, é o básico, é o que deixo transparecer até sem dizer.
Essa não sou eu.
Eu sou um labirinto, realmente quem tenta decifrar se perde.
Se perde e acada desistindo pois é quase (se não é, de fato) impossível encontrar a saída.

Palavras, lágrimas e autismo.
Estes são os ingredientes para eu não pirar.

Preciso escrever o que está se passando comigo.
Preciso chorar a agonia que me dá de ninguém entender o que sinto.
Preciso ficar sozinha pra não magoar ninguém com minhas verdades.

:@

Não pense que me conhece, que sabe como me sinto, que sabe quem realmente sou.
Te garanto baby, não sabe.
Só mostro aquilo que quero que veja, só te deixo ter conhecimento do que acho que devo, só te confio coisas que confiaria a outrem.
Não confio meus segredos, não confio sentimentos, não confio opinião.
Isso é íntimo, isso é meu.
Você NÃO me conhece.
Nunca vai saber quando estou triste e se souber, jamais descobrirá o motivo se eu não estiver disposta a te contar.
Nunca vai saber se estou mesmo feliz ou se forço o sorriso pra fingir que estou bem, sou mestre em fazer isso.
Ninguém sabe nada de mim, não sabe o que passei, não sabe o que passo.
Posso te contar uma e outra coisa, mas o que se passa em mim... você NUNCA vai saber, nem se eu quisesse.

Não me julgue, não opine, não me dê conselhos se eu não pedí-los.
Só eu me conheço a esse ponto, você não sabe nada de mim.
Nada, acredite.