18 de out de 2010

Quem não tem teto de vidro,

que atire a primeira pedra.

  

"Amarás o teu próximo como a ti mesmo"
Incrível como que na teoria tudo são flores, mas na prática os espinhos são os que prevalecem.
Se devemos amar o próximo como a nós mesmos, porque que quando o seu amigo falha, a única coisa que você faz é apontar o dedo e criticar?
Porque que quando alguém mais precisa, não pensamos em oferecer ajuda, mas quando precisamos a primeira coisa que fazemos é pedir socorro?
Você já pensou nisso?
Se por acaso alguém cai e se machuca, você ri. Já pensou que você tem as mesmas chances que ele de cair?
Se alguém perde o emprego e passa necessidades, você faz fofocas sobre ela e a critica por ter perdido o emprego. Já pensou que se você tem um emprego, você também corre o risco de ser demitido?
Você comenta sobre alguém doente, mas não o visita e nem faz nada a sua altura para que ele melhore. Você já pensou que se hoje está são, pode amanhã estar de cama?
Você já pensou que tudo isso pode acontecer com você também?

Não aponte o dedo, estenda a mão.

2 comentários:

  1. poo sem palavras , nos seres humanos "somos uns animais tem horas"

    ResponderExcluir

\õ/