27 de nov de 2010

"Cachorro mordido por cobra tem medo até de salsicha."

Falar de sentimento é tão fácil como andar pra frente.
Colocar no papel algumas palavras sobre sentir, sobre amar é como desenhar um sol e uma nuvem.
O sol aquece e esclarece, a nuvem encobre e perturba.
Comentar sobre algo que não te atinge é fácil. Viver isso, são outros quinhentos.

Tenho medo de me permitir gostar de alguém. Tenho medo de no final dar errado e eu ouvir: a culpa foi sua.
Tenho medo de quebrar a cara e dizer: eu poderia ter evitado tudo isso.
Eu sei, se eu não arriscar não saberei se daria certo ou não, mas e o medo?
Fala isso pra ele, porque quando me pego pensando na possibilidade de tentar, ele toma a frente e diz: não vai dar certo.
E é, ele consegue me fazer pensar em tudo que poderia acontecer de ruim, deixando qualquer outra opção pequena e insignificante perto de me fazer sofrer.

"Cachorro mordido por cobra tem medo até de salsicha" - haha' bem dizia minha mãe.
Frases idiotas que falam tudo! Já perdi muita coisa me arriscando em um relacionamento, já chorei muitas lágrimas por quem não valia a pena, já me magoei muito e sem querer, magoei muito alguém também.



Fui mordida pelo amor, e agora tenho medo até de pensar em me apaixonar.

6 comentários:

  1. Adorei o texto principalmente a parte:
    "Fui mordida pelo amor, e agora tenho medo até de pensar em me apaixonar."

    ResponderExcluir
  2. *-* que bom que gostou moçaa!
    é, é legal mas é um fato... então perde um pouco do encanto né ;/

    ResponderExcluir

\õ/