1 de fev de 2011

"seu cheiro morando em meus pulmões (♪



Não tenho visão muito boa, uso óculos para ler e na frente do computador.
Não ouço muito bem também, pergunto umas duas vezes no mínimo o que alguém me disse quando cochichado pra conseguir entender direito.
Mas o meu olfato, ah... esse não me decepcionou!
Sinto cheiro de perfumes que me lembram pessoas, sinto cheiro de comidas que me lembram restaurantes, sinto cheiro de litoral que me lembram férias passadas e assim vai.
O cheiro de alguém parece sua marca registrada. Posso não ver sempre aquela pessoa, mas quando eu sentir o perfume dela em outra, vou saber de quem lembrar.
Isso é péssimo, com toda a certeza. Ainda pior se o seu atual namorado usa o mesmo perfume do seu ex. HAM HAM
Isso sim é um mega problema.
Sentir é algo intenso, sentir amor, sentir medo, sentir o cheiro. Tudo isso é muito intenso.
O cheiro te desperta momentos que se passaram, te lembra de pessoas que talvez... você não quisesse se lembrar.
AH, que todos os perfumes no universo sejam quebrados, extintos, derramados, acabados enfim.
NÃOOOO, não faça isso. É muito bom *-*
Humor, Kaiak, Joop... perfumes masculinos são o que encanta as mulheres, pelo menos a mim é essencial um cheiro bom desses.
É quase que um cartão de boas-vindas, então se a entrada é assim... imagine o resto HAHAHA'

"seu cheiro morando em meus pulmões..."  Vander Lee ao que parece, passou por isso. De sentir o cheiro de alguém e ele não sair de dentro de você. Eu também já passei por isso.
Acho que até hoje o cheiro dele mora aqui. Pois ainda me pego sentindo, lembrando...

ARRANCO MEU PULMÃO, troco ele, compro um novo no mercado negro de órgãos.

Você está saindo da minha vida, e acredite: farei de tudo para que isso aconteça o quanto antes.
Outro perfume vai habitar em meus pulmões, outra pessoa vai habitar meus pensamentos, outro sentimento vai habitar no meu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

\õ/