27 de jul de 2010

you are the only exception


Existe aquele, que é a exceção, que vai fazer eu cair em contradição, que vai me fazer mudar de opinião e acelerar meu coração.
E ele não foi nem é você.
Me enganei quando pensei assim, quando vi em você o amor da minha vida.
Sentimentos são traiçoeiros e confusos, enganam fácil as pessoas que acreditam neles.
Eu tola, acreditei, me entreguei, me apaixonei, amei.
Acabou.
Não era amor, não era sincero, nunca foi.
Foram apenas palavras jogadas ao léu com intenção de iludir, de mentir, de machucar.
Você não foi a exceção, você não foi 'aquele'.
E hoje, juntei os pedaços do amor que você não soube cuidar e estou vivendo, reconstituindo a cada dia, a cada suspiro, uma parte dele que você arrancou.
Estou superando, como guerreira que sou.
E você? Você hoje está sozinho.
Pode estar com outra mulher, com qualquer amigo, mas estará sozinho.
Porque todo aquele amor que te ofereci, ninguém oferecerá igual.
Hoje você sente a falta que ele te faz, hoje você o quer de volta, hoje é tarde demais.
Você mente, inventa estar feliz para mim.
Quer enganar a quem? A si mesmo?
Porque a mim, não mais.
Viva com seu falso amor e com sua falsa felicidade, viva com a nostalgia do amor que você recusou.
Viva assim, se conseguir.

2 comentários:

  1. Ele pode até conseguir sobreviver,mas ,sem dúvidas, vai viver uma vida vazia.Ótimo texto^^

    ResponderExcluir

\õ/