1 de jul de 2011

Pra você sabe quem


Tenho um recado pra você sabe quem:

Pensou que eu fosse inocente, que fosse boba o suficiente pra cair em blablá de um boêmio qualquer, de um conquistador barato.
Pensou errado, sou cobra criada, sou mestre na arte da lábia. Demorei, mas sei distinguir sinceridade da falsidade, sentimento de momento, palavras sinceras de lorota.
Bobinho, dei corda pra você mesmo se enforcar. Cada palavra e gesto meu foi meramente calculado antes de ser dito e feito.
E agora? Sua arte da conquista falhou e você partiu pra outra mais trouxa.
Mas o seu prêmio maior você não levou...
Sou um troféu grande demais pra você carregar.

Tá dado o recado ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

\õ/