13 de ago de 2012

Vandalismo rouba educação

Uma reportagem no jornal O Tempo de hoje me chamou a atenção, tinha o seguinte título: Vandalismo rouba educação.
Para quem não leu, vou explicar do que se tratava: puta sacanagem.
A prefeitura de Belo Horizonte já gastou 3 milhões só para restaurar obras e bens públicos que foram pichados ou depredados, e estima-se que até o final do ano se gaste mais 2 milhões nisso.
Pelo que consta no jornal, com esse valor se construiriam facilmente 3 Unidades de Pronto Atendimento (saúde) ou então até 5 Unidades Municipais de Educação Infantil (ensino).
Desculpa a revolta, mas FRUTA QUE PARTIU né?
Sabe o que eu não entendo? As pessoas que mais necessitam desse tipo de serviço são as pessoas mais carentes, os que pertencem á baixa sociedade e não podem recorrer á serviços 'melhores' como os particulares... e são justamente essas pessoas e os filhos delas que fazem com que o danado do dinheiro que poderia ser investido na melhora da educação e saúde, ou construção de novos ambientes que gerariam mais empregos e tal e tal e tal, seja gasto com coisas fúteis como a aparência da cidade.
ACORDA CAMBADA.
Nada contra a arte do grafite, pelo contrário. Acho incrível as pinturas e bato palmo para os artistas que usam esse meio de arte para livrar muita gente de coisa errada, além de enfeitar os lugares que passamos sempre trazendo vida e cor. Mas sair pichando: "Eu picho, vc pinta. Vamos ver quem tem mais tinta" e o escambal, além de ser arrogante e feio é estupidamente IDIOTA.
POR FAVOR, se não gosta de ler então procure conversar com alguém sobre isso ou olhe se tem algum vídeo no youtube que fale a respeito dessa matéria.

Ei você, mãe de família que passa mal e fica horas na fila do atendimento público... você só não tem outras opções de atendimento porque o seu filho está depredando patrimônio público e o dinheiro está sendo usado com isso!
Sei que nada garante que esse dinheiro que está sendo usado para restaurar esses bens públicos -caso não houvesse necessidade de gastar com isso - seria revertido para a saúde/educação. Você pode pensar: esse dinheiro, de uma forma ou de outra vai ser extraviado para outra forma chula de "melhorar a cidade para nós ou turistas" ou então pior, iria servir para encher os bolsos de governantes corruptos... mas você há de concordar comigo em uma coisa:

Não temos a certeza que sim, mas também não temos certeza que não.
E não é porque tem muita coisa errado acontecendo, que nos acomodaremos e deixaremos mais algo dar errado.
Se é um direito nosso colocar o poder de responder por nós nas mãos de um candidato, SAIBA em quem votar. Se temos o direito e o dever de zelar pelo nosso bem e o do outro, e de reinvindar condições dígnas de convivência e atendimento, então que exerçamos isso e coloquemos em prática a cidadania que tanto é falada mas não é vista em ação.
Abram os olhos, a mudança está em nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

\õ/