13 de mai de 2010

x


juro que meu choro hoje não é futilidade.
nem criancice ou imaturidade.
é angústia.
de saber que vai ser assim pra sempre,  que a tendência é piorar.
que os papéis mudaram, e agora eu não tenho escolha.
que eu perdi muita coisa e ainda vou perder, mas é questão de prioridade, né?
eu não queria ser melhor nem pior, falo sério.
queria apenas mostrar quem eu sou por debaixo de tantas máscaras circunstanciais.

                                           (ý)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

\õ/