29 de jul de 2010

Acabou


Foi um daqueles dias em que você quer que o tempo volte.
Ela entrou pela porta e olhou-o fixamente por exatos três segundos, dirigiu-se a ele sem ao menos olhar em seu semblante.
- Acabou. – disse ela com frieza.
- Como?! – gaguejou ele.
- Não tenho satisfação em viver ao lado de alguém que por tanto tempo nunca me respondeu uma pergunta sem antes fazer outra pergunta.
- Você nunca me deixou tentar mudar.
- Então me diga: QUEM VOCÊ AMA MAIS: EU OU SUA CARREIRA?
- Que diferença isso faz?
- Pronto, acabou.
Ao perceber que não a faria desistir ele tomou coragem e disse tudo o que planejara a anos:
- Acabou.
- Como você pode dizer isso? Eu falei que acabou primeiro, agora você quer se sentir dono da situação e vem dizer que acabou?
- Não! Eu disse que acabou o tempo para que eu possa mudar. Sempre pensei em fazer ou dizer algo diferente, mas agora não dá mais.
- Então... Acabou?! – disse ela.
- Sim! Imagino como você deve estar se sentindo. Em nosso casamento eu disse que a faria feliz e sempre a fiz desorientada, prometi amor eterno e sempre a deixei solitária. E agora acabou.
- Mas... – ela não tinha argumentos e acabou percebendo que talvez tenha dado muita ênfase ao acabou.
Ele estava decidido a deixá-la ir embora quando ouviu:
- Acabou.
- Eu sei. – disse ele baixando a cabeça.
- Acabou minha impaciência, serei mais compreensiva. Acabou o tempo de reclamar sem ajudá-lo nos problemas. Tomaremos mais decisões juntos.
Logo o semblante dele se iluminou de alegria.
Os dois decidiram, afinal, que realmente: ACABOU, todo o rancor.
 
Texto de Fabiano Romero
Blog: *http://medodisso.blogspot.com/*

2 comentários:

  1. Hum... Nao entendi, afinal oque que acabou?

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkk
    ok..
    lembra que todos falam que explicar a piada não tem graça kleyton?
    pois é, explicar a moral tbm não!
    kkkkkkkkkkkkkkkk
    qdo vc entender, me avisa :)

    ResponderExcluir

\õ/